Início > Plantas > Vinha-virgem com frutos azuis 'Elegans'

Vinha-virgem com frutos azuis 'Elegans'   /   Ampelopsis brevipedunculata 'Elegans'

Retroceder   Volte à lista   Avançar

Comprar: Vinha-virgem com frutos azuis 'Elegans'

Ref Designação € com IVA Comprar Disponibilidade
7771J Vinha-virgem com frutos azuis 'Elegans' (Ampelopsis brevipedunculata 'Elegans')
Jovem planta em torrão.
6.45 Disponível
7771K Vinha-virgem com frutos azuis 'Elegans' (Ampelopsis brevipedunculata 'Elegans')
Jovem planta em torrão.
Preço unitário disponivel desde 3 unidades compradas.
5.95 Disponível
7771L Vinha-virgem com frutos azuis 'Elegans' (Ampelopsis brevipedunculata 'Elegans')
Jovem planta em torrão.
Preço unitário disponivel desde 10 unidades compradas.
4.95 Disponível
7771M Vinha-virgem com frutos azuis 'Elegans' (Ampelopsis brevipedunculata 'Elegans')
Jovem planta em torrão.
Preço unitário disponivel desde 25 unidades compradas.
4.45 Disponível
7771A ADUBO - Pastilha de adubo de libertação lenta, colocada no fundo do buraco de plantação. Libertação lenta durante 7 a 8 meses. 1 pastilha por buraco. 0.40 Disponível

 

Imagens sobre:  Vinha-virgem com frutos azuis 'Elegans'

 

Saber tudo sobre: Vinha-virgem com frutos azuis 'Elegans'

Vinha-virgem com frutos azuis 'Elegans' - Ampelopsis brevipedunculata 'Elegans' (latim)

Origem geográfica: China
Dimensão adulta: Pode atingir 4 metros de altura e 4 metros de largura
Folhagem: Caduca
Tipo de solo: Neutro, fresco, drenado e humífero
Clima: Resiste até -10°C
Exposição: Meia-sombra
Densidade de plantação: 1/m²


Características e utilizações:
A Vinha-virgem de frutos azuis é uma planta trepadeira de folhagem tricolor. Os rebentos jovens são marmoreados de rosa e branco ficando de seguida verdes e creme.
A floração é insignificante mas nectarífera.
A bela frutificação manifesta-se no Outono, grãos com 5 a 8 mm de diâmetro. Inicialmente são verdes e depois azul brilhante e rosa e violeta quando maduros.
Os frutos são apreciados pelos pássaros mas são tóxicos para o Homem.
A Vinha-virgem de frutos azuis trepa com as suas graciosas gavinhas sobre as pérgulas e redes à sombra.

Jean-Michel Groult lhe aconselha

Grampos ou gavinhas ?
A vinha-virgem clássica (Parthenocissus tricuspidata) agarra-se ao seu suporte com pequenos grampos. Assim, mesmo num muro liso ela consegue agarrar-se. Nunca colocará as suas raízes numa racha da parede, ao contrário da hera, que não se deve deixar numa parede um pouco estragada. Não deve confundir a vinha-virgem de folhas inteiras e a vinha virgem americana (ou vinha com cinco folhas, Parthenocissus quinquefolia). Esta agarra-se com gavinhas que são filamentos que se enrolam à volta do que conseguem encontrar, enrolando-se no ar (muito lentamente!). Esta vinha-virgem cobre menos bem que a vinha-virgem clássica e necessita de um suporte, como uma treliça, uma rede de plástico ou ferro ou mesmo alguns fios esticados, para subir pelo muro acima.

Podemos também pensar na vinha da China (Vitis cognetiae), muito próxima das vinhas-virgem e que se utiliza da mesma forma. As suas folhas são grandes e cobrem muito bem o muro desde que coloque um suporte para que possa agarrar-se com as suas gavinhas pois esta não tem grampos.

Oh que cores !
Todas as vinhas-virgem têm esta característica. Quando chega o Outono adornam-se de cores muito vivas, passando do verde ao vermelho-escarlate durante inúmeras semanas. Este esplendor depende da quantidade de sol que a vinha-virgem recebe: à sombra as suas cores podem ser menos vivas. No entanto as cores outonais da vinha da China são excepcionais pois cada folha torna-se um autêntico quadro.

Instalação e cuidados
A plantação de uma vinha-vigem pode ser feita a qualquer época do ano ainda que o Outono e a Primavera sejam as mais adequadas. A ação não exige nenhuma técnica especial. A única coisa a ter em conta é colocar um tutor para que a planta possa ser guiada na direcção do seu suporte. Coloque um pouco de composto para que as plantas se enraízem facilmente. Não se esqueça de regar durante os dois primeiros anos durante o Verão, para que as suas raízes possam crescer em profundidade. Depois de instaladas no seu lugar não têm outra necessidade suplementar a não ser uma poda. Esta faz-se no fim do Inverno mas também se pode fazer no Verão. Basta encurtar os ramos que ficam demasiado longos. Não deixe, de maneira nenhuma que a vinha-virgem possa entrar e introduzir-se debaixo das telhas pois isso poderá prejudicar a impermeabilidade do telhado.

Retroceder   Volte à lista   Avançar

 

As suas opiniões sobre: Vinha-virgem com frutos azuis 'Elegans'

             >> Dê-nos a sua opinião

Pépinières PLANFOR
1950 Route de Cère
40090 UCHACQ - FRANCE
Tel : 214.245.101
Fax : 0033 558 064 854