Início > Plantas > Amieiro de Nápoles

Amieiro de Nápoles   /   Alnus cordata

Retroceder   Volte à lista   Avançar

Comprar: Amieiro de Nápoles

Ref Designação € com IVA Comprar Disponibilidade
1615M Amieiro de Nápoles - Alnus cordata
Jovem planta em torrão – Altura da planta: 25/40 cm.
6.00 Disponível
1615N Amieiro de Nápoles - Alnus cordata
Jovem planta em torrão – Altura da planta: 25/40 cm.
Preço unitário disponivel desde 10 unidades compradas.
4.50 Disponível
1615P Amieiro de Nápoles - Alnus cordata
Jovem planta em torrão – Altura da planta: 25/40 cm.
Origem forestal disponível a pedido
P.U a partir de 70 unidades compradas ENTREGA INCLUIDA.
2.85 Disponível
1615D Amieiro de Nápoles - Alnus cordata
Jovem planta em torrão – Altura da planta: 25/40 cm.
Origem forestal disponível a pedido
P.U a partir de 12.000 unidades compradas ENTREGA INCLUIDA.
0.85 Expedição a partir de 15/10/2020
1615A ADUBO - Pastilha de adubo de libertação lenta, colocada no fundo do buraco de plantação. Libertação lenta durante 7 a 8 meses. 1 pastilha por buraco. 0.40 Disponível
1615F Amieiro de Nápoles - Alnus cordata
Você pretende plantar mais de 250 plantas, elaborámos a nossa melhor proposta comercial.
0.00 Solicitação de cotação

 

Imagens sobre:  Amieiro de Nápoles

 

Saber tudo sobre: Amieiro de Nápoles

Amieiro de Nápoles - Alnus cordata, alnus cordifolia (latim)

Origens geográficas: Córsega, centro e sul de Itália.
Dimensões adultas: Até 25 metros de altura, largura até 12 metros
Folhagem: Caduca.
Tipo de solo: Todos.
Clima: Rústico até -20°C.
Exposição: Sol.


Características e utilizações:
As folhas do Amieiro de Nápoles (Alnus cordata) são de cor verde escura brilhante na face superior e verde claro na face inferior. Têm a forma de coração na base. É uma árvore ornamental muito bonita. Pouco exigente na qualidade dos solos o crescimento é rápido, o amieiro de Nápoles é muitas vezes utilizado para plantar novamente baldos industriáis, carreiras ou áreas de repouso de auto-estrada. Faz parte também da composição de numerosas sebes para protecção dos ventos ou campestres.

Ver o catálogo dos Ameiros

Criar floresta ou reflorestar com Amieiro de Nápoles, Alnus cordata, alnus cordifolia - Guia do trabalhador florestal

1) O Amieiro de Nápoles (Alnus cordata, alnus cordifolia) é adaptada aos nossos terrenos?

O amieiro-de-Nápoles é uma essência héliofita, mais sensível à seca quando jovem. No entanto, na idade adulta, esta essência é capaz de iniciar mecanismos de redução de cavitação (redução do tamanho dos vasos de xilema), o que a torna relativamente resistente à seca.
Sendo uma essência mediterrânica, o amieiro-de-Nápoles pode ser sensível ao frio dos climas continentais e as experiências de introdução fora do seu ambiente natural podem mostrar alguma sensibilidade às geadas tardias. O amieiro-de-Nápoles pode encontrar-se basicamente em solos frescos, ricos e pouco drenantes. Dada a sua capacidade de fixar o azoto atmosférico é bastante competitivo em solos hidromórficos.

2) Qual a densidade de plantação para uma parcela de Amieiro de Nápoles (Alnus cordata, alnus cordifolia) ?

A densidade de plantação é o número de plantas plantadas num hectare. Aqui, trata-se de determinar o número inicial de plantas jovens destinadas a povoar a parcela e de escolher a repartição no espaço.
A densidade de plantação define-se pelo espaçamento entre as linhas e o espaçamento entre as plantas na mesma linha.
É uma das bases do itinerário da silvicultura. Deve levar a uma cobertura final de qualidade e à realização dos objectivos fixados para a exploração florestal.

Conselho: Quando escolhe a densidade devemos pensar na largura da ferramenta que vai permitir a manutenção da zona entre as carreiras. O espaço entre as carreiras da plantação deve permitir a passagem duma máquina de manutenção motorizada.

Para o Amieiro de Nápoles, (alnus cordata) :

  • Aconselhamos que plante entre 1 200 e 1 600 plantas/hectare.
  • Densidade de povoamento final desejado: 100 plantas/hectare.

3) Qual o trabalho de solo deve realizar para plantar o Amieiro de Nápoles(Alnus cordata, alnus cordifolia) ?

Na silvicultura o trabalho do solo é uma das chaves do sucesso da plantação. O sistema radicular da árvore deve poder colonizar rapidamente o solo onde foi plantada.
Quer seja mecânico ou manual, preconizamos um trabalho de solo profundo para que a plantação seja ideal.

4) Como plantar o Amieiro de Nápoles (Alnus cordata, alnus cordifolia)?

a- Recepção, armazenamento e preparação das plantas antes da plantação

  • Ao receber as plantas, dispor as caixas ao lado uma da outra, num solo plano de maneira a que não haja circulação de ar por baixo;
  • Escolher um local com sombra e ao abrigo do vento;
  • Verificar que a humidade é estável nas caixas da periferia;
  • Prever a possibilidade de regar caso a plantação for adiada ou se as plantas necessitarem;
  • No caso de geadas não deve manipular as plantas e se estas durarem vários dias colocar cobertura de solo nas caixas da periferia.
b- Plantação
    As nossas equipas de plantadores profissionais utilizam a pistola de plantação para plantar as jovens plantas com torrão. Este utensílio, leve e ergonómico permite a realização de trabalho de plantação de qualidade. O trabalho é mais rápido.
    É também possível de realizar a plantação de maneira tradicional com uma picareta ou uma pá.

    De qualquer maneira, necessita de:
  • Fazer um buraco um pouco maior que o torrão;
  • Colocá-la correctamente no buraco;
  • Cobri-la completamente;

  • No final, o plantador deverá calcar a terra delicadamente com o pé. Não deve calcar a terra com força ou calcar forte com o calcanhar pois pode esmagar o torrão e deformar o sistema radicular.

    Vídeo Plantação com pistola de plantar
    Comprar Plantador

5) Como limitar as ervas daninhas na minha plantação de Amieiro de Nápoles (Alnus cordata, alnus cordifolia)?

Durante os primeiros anos é essencial eliminar a vegetação adventícia. Sem controlo ela vai entrar em concorrência com a sua plantação e vai privar as plantas jovens das suas necessidades indispensáveis ao crescimento (água, luz e elementos nutritivos). Esta concorrência deve ser eliminada mecanicamente até que as jovens árvores sejam suficientemente grandes para as dominarem.

Depois da plantação há dois tipos de operações a serem feitas:

    Operação de limpeza manual à volta das plantas
    Tratam-se de operações geralmente feitas com a roçadora térmica portátil e consiste em limpar as plantas na linha de plantação ou na periferia das plantas.
    Operação de limpeza mecânica entre as carreiras
    Estas operações efectuam-se com a ajuda de trituradores verticais ou horizontais ou outro tipo de utensílios (triturador rotativo, limpa-bermas…) instaladas sobre mini-tractores. Desta forma não podem ser realizadas fora das carreiras da plantação (sementeira ou plantação).

6) Como proteger a plantação de Amieiro de Nápoles (Alnus cordata, alnus cordifolia) da fauna selvagem?

Esta necessidade de protecção das plantas aplica-se a toda a florestação desde que a densidade dos cervídeos (especialmente corça ou veado) possa provocar estragos acentuados pela mastigação das plantas ou pela passagem por elas.
Por vezes a colocação de protecções nas plantas pode também ser necessária quando a população de roedores (coelhos, lebres, ratão-d’água, rato-do-campo…) são importantes nesse local.

3 tipos de protecção possíveis:

  • Protecções mecânicas individuais (mangas e redes de dissuasão, tubos foto-degradáveis,..);
  • Protecção com rede na totalidade da parcela;
  • Protecções pela aplicação de repulsivo em cada planta ou na periferia da parcela.
Catálogo Protecção de Caça

Retroceder   Volte à lista   Avançar

 

As suas opiniões sobre: Amieiro de Nápoles

             >> Dê-nos a sua opinião

Pépinières PLANFOR
1950 Route de Cère
40090 UCHACQ - FRANCE
Tel : 214.245.101
Fax : 0033 558 064 854