Poda da glicínia

Esta bela liana é muito vigorosa e tem, por vezes, mais folhas que flores. Fique descansado: ele acabará sempre por ficar coberta de flores. Mas uma poda adaptada acelera a preparação da floração e dá-lhe um suporte que a fará durar… séculos!

Poda da glicínia
Quando uma glicínia começa a florir, já ganhámos!
Poda da glicínia
Uma glicínia bem podada, pronta a florir.

A boa altura

A poda da glicínia pode ser feita durante duas épocas do ano, ou no fim do Inverno quando os rebentos começam a crescer, ou ainda no Verão (entre Julho e meados de Setembro). Nos dois casos a poda consiste em encurtar bastante os rebentos que se esticam como fios. Nada de complicado. Para limitar o desenvolvimento da glicínia, pode fazer a escolha de a podar depois da floração, mas deverá podá-la dois meses depois, para limitar os rebentos.

Poda da glicínia
Os ramos finos com poucas folhas devem ser cortados severamente.

Muito curtos, os ramos finos!

Quer a glicínia seja jovem ou com idade, deve podar os sarmentos longos. Estes ramos servem para se agarrar ao suporte e nunca têm botões de flor. Não os corte rente mas depois da terceira folha bem formada, a contar desde o ponto de crescimento. No fim do Inverno, identifique o nível do corte examinando os botões-rebento: os que são arredondados devem ser conservados; os que são finos e pontiagudos devem ser quase todos cortados. Esta poda bastará para encorajar a glicínia a preparar os botões de flores durante toda a época.
Se a sua glicínia estiver em curso de formação e que ainda não tenha coberto toda a superfície desejada, conserve os ramos finos na extremidade dos ramos, para que se possa estender mais tarde.

Poda da glicínia
A poda da glicínia no Verão é mais complicada por causa das folhas.

Mantenha a base do pé limpo

Corte rente os rebentos que se formam na base do tronco, mesmo que parecem cheios de vigor. Retire-os novamente logo que apareçam durante o Verão. As glicínias geralmente são enxertadas. Se não retirar estes rebentos poderá ver a variedade selvagem predominar.

O que deve saber

Os resíduos da poda da glicínia compostam-se muito bem. Também são muito bons para cobertura de solo.
A glicínia da China e a glicínia do Japão podam-se da mesma forma.
A glicínia não se reproduz muito bem por estaca e os indivíduos resultantes são fracos: não é boa ideia tentar multiplica-la por estaca.
Verifique periodicamente o bom estado da estrutura que a suporta: esta trepadeira é pesada e tem força para torcer os elementos metálicos mais sólidos. Se a estrutura mostrar sinais de fraqueza, deve reforçá-la.

M. Jean-Michel GROULT
 
Pépinières PLANFOR
1950 Route de Cère
40090 UCHACQ - FRANCE
Tel : 214.245.101
Fax : 0033 558 064 854