Crie uma árvore cabeçuda

Mas que nome este de cabeçuda para uma árvore! Trata-se de um método antigo para guardar uma árvore com um tamanho pequeno. Era muito corrente de se ver no campo e chega agora ao nosso jardim.

Crie uma árvore cabeçuda
Salgueiros com poda de cabeçudos, num campo.

A ideia

Uma árvore podada em forma de cabeçudo (também se pode dizer, podada em cabeça de gato) é uma árvore com um tronco clássico mas à qual cortaram o topo regularmente e sempre no mesmo sítio. A árvore vai formando rebentos e fica mais grossa, como uma cabeça (daí o nome). Originalmente, este tipo de árvore servia para fazer forragem adicional. Mas é bastante decorativa e no jardim tem muitas vantagens...

Crie uma árvore cabeçuda
Salgueiro podado como cabeçudo com tronco curto.

De actualidade

Uma árvore cabeçuda tem as suas vantagens. O lugar que ocupa é constante, isto é, não haverá a preocupação de que poderá crescer demasiado. Mesmo num jardim pequeno, poderá plantar uma árvore que podará em forma cabeçuda. A sua silhueta é muito elegante, mesmo no Inverno. Os pássaros apreciam os ramos densos para se abrigarem. Como a árvore não tem ramos muito altos não será prejudicada pelas tempestades ou pelos ventos violentos.

Como fazer?

Plante a árvore escolhida mas certifique-se de que esta tolera o tratamento de poda desta forma. Deixe-a crescer e engrossar até que o tronco atinja 5 cm de diâmetro. Nesta altura, entre o fim de Janeiro e meados de Abril, corte o tronco à altura em que deseja que a cabeça se forme. Geralmente a altura de 1,5 m é adequada: A cabeça é acessível quando é necessário podar e os ramos não são muito baixos. Poderá cortar o tronco entre 1m (ocupará mais espaço pois será mais baixa) e 2m (os ramos serão menos acessíveis). De seguida, corte todos os ramos ao longo do tronco e deixe a natureza fazer o resto. Muitos ramos vão aparecer no fim do tronco. Dois anos depois, corte os rebentos rente (deixe apenas 2 cm na base de cada um), repetindo o procedimento de dois em dois anos ou de três em três anos. Nada mais!

Crie uma árvore cabeçuda
Aparecem os rebentos depois de ter cortado o tronco
Crie uma árvore cabeçuda
Manutenção de uma árvore cabeçuda.

Que essências?

Todas as árvores que reagem com vigor depois de uma poda severa e que formam lindos rebentos poderão ser usadas para esta poda. Os salgueiros são os mais comuns, além disto valorizar a casca jovem bem colorida. O choupo, a flor-de-merenda, o amieiro, o eucalipto e o bordo são outras essências que se adaptam bem a esta poda. O carvalho, a tília e o freixo também se podem podar desta forma mas devem ser podados menos frequentemente (de 4 em 4 anos ou de 5 em 5 anos) e de forma cuidadosa.

As árvores de folha persistente (magnólias…) e as coníferas não são adaptadas a esta poda e não deve experimentar nestas essências.

Crie uma árvore cabeçuda
Salgueiro velho com poda « cabeçuda » (com três troncos) um mês depois de podado.

O que deve saber

Uma árvore podada em forma cabeçuda pode viver mais de 200 anos caso a pode, pelo menos, de três em três anos.

M. Jean-Michel GROULT
Pépinières PLANFOR
1950 Route de Cère
40090 UCHACQ - FRANCE
Tel : 214.245.101
Fax : 0033 558 064 854