Os adubos verdes : bem mais que um adubo!

O adubo verde é uma cultura com ramos tenros e que cobre o solo. Não se corta pois ela vai alimentar o solo. Ao “ocupar a terra” esta cobertura verde evita que a parcela não cultivada seja invadida pelas ervas daninhas e ao mesmo tempo enriquece o solo.

Os adubos verdes : bem mais que um adubo!
Mostarda em flor
Os adubos verdes : bem mais que um adubo!
Phacelia em flor num pomar

Inúmeros benefícios

O adubo verde enriquece a terra pois a cultura será enterrada no local de irá decompor-se, bastante rápido. Nos terrenos argilosos o adubo verde ajuda a melhorar a estrutura do solo e a torna-lo mais leve. E as flores servem para as abelhas que fazem o mel. O adubo verde é um meio excelente para preparar a terra da horta. Bem pensado!

A sementeira

Basta espalhar as sementes com a mão sobre a terra preparada com o ancinho e onde foram retiradas as ervas daninhas, tal como faria para semear a relva. Conte com cerca de 1 grama de sementes para 1 m². Não enterre as sementes : deixe que se desenrasquem sozinhas, sem as calcar nem as regar. O adubo verde deve desenvolver-se sozinho para que dê bom resultado.

Depois de germinar deixe crescer

O adubo verde, geralmente, não necessita de ajuda. No entanto, se o tempo estiver muito seco a cobertura será pouco densa e isso incitará as ervas daninhas a desenvolverem-se. Neste caso é melhor regar um pouco. Deixe a cultura desenvolver-se até à floração.

Os adubos verdes : bem mais que um adubo!
Corte de adubo verde (chagas)

Corte na terra

Quando os ramos começar a perder as flores é tempo de cortar a cultura. Se a superfície for pequena poderá fazê-lo com uma enxada ou o corta-bordadura. Numa superfície maior (mais de 50 m²), o corta-relva será mais adaptado. Regule o nível de corte na altura mais alta e desfaça assim os ramos.

Os adubos verdes : bem mais que um adubo!
Cavar o adubo verde (chagas)

Enterre, não há nada melhor!

Revirar a terra para enterrar os ramos cortados. Se não enterrar na totalidade não há problema; os ramos irão decompor-se na mesma desde que tenham sido bem despedaçados.

O bom momento

Na teoria não uma altura preferencial para cultivar o adubo verde. Cada planta utilizada no adubo verde tem a sua preferência: de acordo com a época tanto pode escolher uma como outra.

Que variedade escolher?

Os adubos verdes mais clássicos são a mostarda e phacelia, linda planta com flores azuis.
Existem outras como os cereais, a colza, o linho, o trevo anual ou ainda o trigo-sarraceno (também conhecido como trigo preto). Distinguem-se pela época de sementeira e de corte. A sua variedade permite que se utilizem durante todo o ano!

Calendário de sementeira dos adubos verdes

J F M A M J J A S O N D
Chagas
Cereais
Colza
Linho
Mostarda
Phacelia
Sarraceno
Trevo vermelho
Legenda:     Semear /     Enterrar
M. Jean-Michel GROULT
 
Pépinières PLANFOR
1950 Route de Cère
40090 UCHACQ - FRANCE
Tel : 214.245.101
Fax : 0033 558 064 854