Cuidar da relva na Primavera

A erva cresce e a cobertura está bem verde. Mas alguns cuidados lhe darão a garantia de guardar a relva em bom estado quando o crescimento abrandar com a chegada do Verão.

Cuidar da relva na Primavera
Cuidar da relva na Primavera

Alimente
A relva ao ser cortada regularmente fica com a terra relativamente pobre em superfície. Deste modo devemos voltar a colocar o material que é retirado quando cortamos a relva. Para isto, o adubo para relvados, rico em azoto e de libertação progressiva é o ideal. Tenha cuidado para dosear em demasia pois as queimaduras originadas pelo excesso de adubo serão visíveis durante muito tempo. Outra precaução: coloque adubo na relva apenas se o terreno o justificar, caso, por exemplo, se a relva foi semeada num solo de resíduos de construção ou numa terra arenosa. A fertilização demasiado rica pode favorecer as folhas em vez de favorecer as raízes. O relvado adubado em demasia será mais sensível à seca pois as raízes são mais frágeis.

Cuidar da relva na Primavera

Passe o rolo no seu tapete verde
De duas em duas semanas passe o rolo no relvado. Cruze as passagens para que a superfície fique bem acamada. Este procedimento deita a erva sobre a terra e força-a a ganhar mais raízes. Deste modo, as folhas de erva são mais fortes, mais densas e multiplicam-se. É o verdadeiro segredo dum relvado sem falhas!

Cuidar da relva na Primavera

Repare as zonas estragadas
Nas zonas onde a relva deixa aparecer o terreno, a cobertura deve ser reforçada. Semeie uma mistura polivalente, espalhando com a mão, directamente em cima da relva, no local. Se a zona é uma zona de passagem, a relva tipo "raygrass" é a mais adaptada. Preveja uma mão cheia de sementes para 2 m². Não semeie denso demais ; a reparação não seria a adequada. Passe o rolo da relva no local para acalcar o solo. Regue caso o tempo esteja seco e não anda no local durante, pelo menos durante 4 semanas, para que as plantas jovens se instalem entre as outras.

Cuidar da relva na Primavera

Cuide das bordas
Com um utensílio cortante como uma enxada ou um corta-bordas (utensílio específico para esta tarefa), corte a relva rente aos maciços, seguindo bem os contornos. Retire a erva que criou raízes e que cresce na direcção do maciço. Passe o ancinho na terra: os maciços terão bom aspecto! Terá que voltar a fazer esta operação daqui a umas semanas se a erva crescer muito. Poderá também colocar uma separação entre a relva e o maciço e assim evitar esta tarefa regular.

Cuidar da relva na Primavera

Lute contra o musgo
Nas zonas de relvado que foram invadidas pelo musgo e se não quiser que isto continue, passe o ancinho para o levantar. Se a superfície for grande (mais de 100 m²), empregue um aparelho motorizado. A acção física é melhor que a acção química (o anti-musgo químico) pois o mais importante é retirar o musgo que abafa mais a relva do que a mata. Para evitar que o musgo volte, espalhe um produto calcário na relva (cal agrícola, dolomito...).

Cuidar da relva na Primavera

E os relvados ingleses?
O segredo dos relvados ingleses, de tão grande reputação, tem a ver com o corta-relva que é utilizado para o cortar: o corta-relva com lâminas helicoidais. A sua utilização não é fácil e é necessário cortar a relva uma a duas vezes por semana!

M. Jean-Michel GROULT
 
Pépinières PLANFOR
1950 Route de Cère
40090 UCHACQ - FRANCE
Tel : 214.245.101
Fax : 0033 558 064 854