Detectar e tratar as doenças da relva

As gramíneas que compõem o relvado são pouco sensíveis às doenças. Mas quando um problema chega aparece no relvado, tem tendência a espalhar-se. Por isso é necessário detectar o problema e intervir!

Detectar e tratar as doenças da relva
Relva atacada pela ferrugem.

A ferrugem
As gramíneas que compõem o relvado são pouco sensíveis às doenças. Mas quando um problema chega aparece no relvado, tem tendência a espalhar-se. Por isso é necessário detectar o problema e intervir!

Detectar e tratar as doenças da relva
Folhas de relva atacadas pelo fio encarnado.

O "fio encarnado"
Esta doença deve o seu nome ao aspecto que as folhas da relva tomam pois contraem-se até parecerem fios de cor vermelha. Também aqui se trata de um fungo parasita mas desta vez são os verões húmidos que a favorecem, tal como a rega regular da relva. Esta doença pode espalhar-se e é preferível retirar a relva na zona doente e repará-la guardando uma margem de segurança de 10 cm à volta da zona doente.

As manchas de terra sem relva
Quando a relva desaparece numa zona pequena (menos de 10 cm de diâmetro), uma lagarta cinzenta ou branca pode estar a roer as raízes. O problema é geralmente pontual e não volta a aparecer no ano seguinte. Reparar as zonas estragadas substituindo os pedaços estragados. Não há outro método de luta eficaz ou com custo razoável.

Detectar e tratar as doenças da relva
Definhamento do relvado devido ao cansaço do solo.

Quando a relva definha...
Os relvados velhos podem ficar desguarnecidos de tal maneira que a terra fica à vista. A utilização de produtos com os adubos e os herbicidas do relvado, eventualmente associados à chuva podem fazer desaparecer a vitalidade do solo. A relva perde o seu vigor. Neste caso a relva deve ser replantada, pelo menos, localmente. Remexa a terra, coloque um pouco de alimento orgânico e semeie uma mistura adaptada a este local.

Detectar e tratar as doenças da relva
Montículos de terra feitos pelas minhocas, não são bonitos mas são benéficos para a relva!

Sem gravidade
Os chapéus de cogumelos que aparecem no relvado não indicam que uma doença está presente. Geralmente, eles crescem em madeira morta (como raízes velhas) presentes no relvado perto da superfície.

Da mesma forma, os montículos de terra deixados pelas minhocas à superfície da erva, mostram que o solo está activo por baixo da relva. É um sinal excelente apesar do aspecto pouco estético destas dejecções...

M. Jean-Michel GROULT
 
Pépinières PLANFOR
1950 Route de Cère
40090 UCHACQ - FRANCE
Tel : 214.245.101
Fax : 0033 558 064 854