O caracol

Primo da lesma, tem um comportamento bastante diferente. Nos jardins onde há bastantes caracóis geralmente há poucas lesmas e o inverso também acontece. Mas eles também causam problemas!

O caracol

O caracol

Os sintomas

São os mesmos sintomes que das lesmas. Como estas, os caracóis deixam atrás deles um rasto de baba. Também deixam excrementos mas com um pouco de treino consegue diferenciá-los. Vasculhando a planta atacada geralmente encontra o caracol responsável. Se não encontrar nada é porque se trata de uma lesma ou mesmo outro tipo de praga.

O ciclo

Os caracóis pode viver muito tempo: depois de atingirem a idade adulta já não causam muitos estragos. Abundam nos locais com pedras e em terreno calcário e reproduzem-se durante o verão. Alguns caracóis alimentam-se de matéria morta (alguns consomem mesmo papel húmido).

Como lutar

Os caracóis tratam-se sempre da mesma maneira que as lesmas, com a ajuda de granulado à base de fosfato férrico que, com eles, é menos eficaz. As armadilhas a enterrar e a encher com cerveja são eficazes. Mais vale evitar de utilizar isto nos locais onde existem bastante carabes, insectos úteis e em via de rarefacção, pois também se afogam na cerveja. Em tempo seco, os caracóis ficam em repouso prolongado e nada serve colocar armadilhas para os apanhar.

Os caracóis, tal como as lesmas, podem combater-se com a ajuda de um predador natural, um nemátodo parasita chamado Phasmarhabditis. Caro (alguns euros por m² tratado), este tratamento é eficaz se for feito respeitando estritamente as regras indicadas pelo fabricante. Deve renovar-se o tratamento periodicamente pois as lesmas e os caracóis voltam a colonizar os locais que estão livres.

Como evitar

Os moluscos com casca gostam dos montes de pedra, as paredes e toda amatéria dura onde se possam colocar em segurança. Tendo por perto locais sensíveis (horta ou maciços com plantas tenras), mais vale evitar a proximidade destes materiais. Nos jardins bastante frequentados por pássaros vale a pena deucar pedras espalmadas em evidência. O tordo-músico virá aí partir a casca dos caracóis que caça no jardim, o que deu o nome a estas pedras de "bigorna do tordo" !

O que deve saber

De nada serve deitar os caracóis para o terreno do seu vizinho, por cima da vedação. Ao contrário do que se diz, o caracol é muito móvel (tal como as lesmas) e pode percorrer 100m em apenas alguns dias. Depois de estar em casa do seu vizinho não tardará muito a voltar para sua casa. E, de qualquer maneira, é bem possível que o seu vizinho faça a mesma coisa!

M. Jean-Michel GROULT
 
Pépinières PLANFOR
1950 Route de Cère
40090 UCHACQ - FRANCE
Tel : 214.245.101
Fax : 0033 558 064 854