Plantação na Terra

Escolha do lugar do seu plantio

Escolher o lugar do seu plantio pode parecer simples à primeira vista. Será sempre judicioso de pensar sobre isso quando preparar um plano do seu futuro jardim.
Pense ao estorvo das raizes, a altura adulta, ao perímetro necessário... Em bordura de terraço ou de caminho, tem que prever também que vai ser necessário apanhar as folhas mortas e frutos caídos no chão. Por último, segundo as espécies, avalie precisamente as zonas de corrente de ar, as zonas húmidas, assim como a exposição (será que vai ter o sol todo o dia, ou apenas uma parte do dia ? )

O trabalho do solo, uma etapa a não falhar

Pode também escolher um lugar não definitivo para replantá-lo alguns anos mais tarde, mas isso não é sem risco.

Pense por último aos regulamentos em matéria de vegetais plantados em limite de propriedade. Poderá plantar a pelo menos 50 centímetros do limite de propriedade dos vegetais que não excedem 2 metros de altura. Além disso, vai plantar estes vegetais mais de 2 metros de este limite.

O trabalho do solo, uma etapa a não falhar

Uma vez o lugar decidido, vai ser preciso um pouco de trabalho... Com efeito, vai acolher um novo convidado no seu jardim, por isso não é necessário regatear sobre os meios para pô-lo à sua vontade!
O trabalho do solo terá por objectivos principais de o arejar a fim de permitir às raizes de desenvolver-se rapidamente, e esconder matéria orgânica (terrico, estrume...) que vai alimentar o novo plantio. Com efeito, quanto mais as raizes vão ter facilidade a desenvolver-se, melhor será o crescimento do seu plantio. É por conseguinte essencial de bem os tratar.

A plantação

O seu solo foi bem arejado e surribado, é agora tempo de plantar.

Plantação de plantas em torrão ou em contentor

Mergulhe os torrões das seus plantas alguns minutos na água. Faça um buraco suficientemente grande para depositar o seu plantio sem forçar. Recubra o torrão de terra até ao nível do colo, isso tem para objectivo evitar que o torrão seque. Amontoe a terra muito ligeiramente em redor do plantio para não compactar de novo o solo. Regue generosamente (o solo foi arejado, por isso não haverá nenhum risco de estagnação de água).

Carregue aqui para ver todas as etapas da plantação em imagens.

Plantação de plantas à raizes nuas

Vista as raizes e mergulhe as raizes na lama. Faça um buraco suficientemente grande. Disponha o seu plantio de modo a que as raizes sejam repartidas com harmonia. Recubra de terra até cerca de 5 cm acima do colo. Amentoar a terra em redor do seu plantio para que nenhum bolso de ar subsista em redor das raizes. Regue generosamente (o solo foi arejado, por isso não haverá nenhum risco de estagnação de água).

Carregue aqui para ver todas as etapas da plantação em imagens.

Plantação de bulbos

A profundidade do seu buraco vai depender do tamanho do seu bulbo. Aconselha-se geralmente uma profundidade de duas vezes o tamanho do bulbo. O fundo do buraco deve ser plano, para evitar qualquer bolso de ar. Deposite os seus bulbos, a ponta para cima, espaçando de alguns centímetros uns dos outros. Recobra de terra e faça cuidado em não deixar bolso de ar. Regue moderadamente de modo que a terra húmida envolva totalmente os seus bulbos.

Os primeiros cuidados

Se plantar no outono plantas poucas resistentes em relação ao clima da sua região, pense em proteger estas plantas com uma véu de invernada.

O primeiro verão, tem de vigiar o desenvolvimento do seu plantio que deverá ser regado aos menores sinais de desidratação. Cuidado, um excesso de rega não é aconselhado, arrisca-se a fazer apodrecer as raizes do seu plantio. Vai vigiar também a limitar a concorrência das más ervas.

Segundo a espécie escolhida, poderá começar a poda no outono ou na primavera seguinte.

 
Pépinières PLANFOR
RD 651
40090 UCHACQ - FRANCE
Tel : 214.245.101
Fax : 0033 558 064 854