Porquê podar ?

O primeiro conselho que se pode dar, se não dominarmos os grandes princípios da poda, é de cortar o menos possível. Não se esqueça que os ramos são mais depressa derrubados do que substituídos e é sempre melhor não podar a torto e a direito.

Porquê podar

As oportunidades de cortar os ramos não faltam para aqueles que têm um jardim. Mas a poda exige um bom senso e alguma experiência. Não se preocupe se isto pode lhe parecer delicado para um novato torna-se depressa uma verdadeira paixão quando jà se assimilou os princípios básicos.

Se na maioria conservamos o porte natural das plantas e a aparência original que as caracterizam, é possível submeter as plantas à poda para conduzí-las de maneira ordonada, para reduzir o volume, para aumentar a quantidade de flores ou de frutas. A poda só acelera, parcialmente, um processo natural.

A poda é portanto útil ao jardineiro para:

- manter suas árvores e arbustos saudáveis,

- melhorar sua floração e a beleza da sua folhagem,

- controlar sua forma e seu estorvo.

Manter suas árvores e arbustos saudáveis
É melhor prevenir do que remediar, cuidados regulares evite a maioria das doenças. Tire os ramos danificados, quebrados e cuja a casca é danificada numa parte sã. Afaste o centro para deixar passar o ar e a luz. Incentive o sujeito a produzir ramos jovens para tirar os mais antigos.

Melhorar sua floração e a beleza da sua folhagem
As flores e as folhas são mais bonitas em cima e fora da planta. Favorecer os rebentos vigorosos que partem para o exterior, corte os ramos caindo para o centro do sujeito.

Controlar sua forma e seu estorvo
Corte os ramos que destroem o perfil e a simetria natural ou desejado das plantas. Tire ou pode os ramos fracos para fortalecer, uma poda ligeira provoca um fraco recrescimento.

M. Denis RETOURNARD
Pépinières PLANFOR
1950 Route de Cère
40090 UCHACQ - FRANCE
Tel : 214.245.101
Fax : 0033 558 064 854