Neve no jardim : que fazer ?

A quantidade de neve que cai é irregular a cada ano que passa e segundo as regiões mas acaba por ser um episódio meteorológico como os outros!

Neve no jardim : que fazer ?
A neve pesada e pegajosa pode fazer estragos nos ramos.

Uma cobertura fofa

Por conter muito ar, a neve é um isolante excelente. Tem um papel protector do frio quando atinge 5 cm de espessura e quando não é húmida (neve solta). Se cair antes de uma situação com temperaturas geladas (abaixo de -5ºC) a terra arrefece menos rápido e de forma menos intensa. Não retire a neve de cima de uma planta frágil caso a meteorologia prever temperaturas mais baixas nos dias seguintes!

Neve no jardim : que fazer ?
A neve protege o solo e as culturas!

Maravilhas para o solo

A neve tem a particularidade de enriquecer o solo em azoto pois ao cair traz consigo compostos azotados. Isto não substitui o adubo mas estimula a vida no solo. E daí vem o ditado (um pouco exagerado!): “Neve de Fevereiro, boa estrumeira”. A neve estimula a vida microbiana do solo. Ao derreter lentamente, a terra vai-se ensopando. Mas cuidado: a queda de neve clássica (5 – 10 cm) não fornece mais água do que uma chuvada média. Muita neve durante o Inverno não significa que o risco de seca está afastado durante a estação seguinte…

Neve no jardim : que fazer ?
Retire delicadamente a neve que se acumula na folhagem persistente.

Cuidado com o peso!

A neve que se acumula nos ramos pode fazê-los partir, especialmente se a neve for pegajosa, pesada. Neste caso, não hesite em sacudir os ramos, com cuidado, para fazer cair o excesso de neve. Pois mesmo que a neve não parta os ramos, tem tendência a vergá-los e acaba por as estragar. Ao gelarem estragam as células no interior dos ramos. Evite qualquer brutalidade: não dê batidas com a vassoura ou o ancinho nos ramos pois poderá estragar ainda mais!

A neve derretida é boa para regar… no interior de casa

Tal como a água da chuva, a neve tem a particularidade de não ter qualquer vestígio de calcário. É ideal para regar as plantas de interior e evitar a formação de resíduos brancos na superfície dos vasos. As plantas carnívoras e as orquídeas apenas devem ser regadas com água da chuva ou neve derretida. Recupere a neve e deixe-a derreter e ficar à temperatura ambiente antes de a utilizar. Poderá conservá-la durante muito tempo num recipiente inerte, na escuridão.

Plantas alpinas: a neve é imperativa

Se aprecia as plantas originárias da montanha saiba que elas reclamam uma camada de neve espessa para poderem passar o Inverno. Sem isso elas vão sofrer… com o frio invernal, expostas ao ar livre e à chuva, que não gostam nada! É por isso que os britânicos cultivam as plantas nas estufas pois a ausência de neve no Inverno as torna mais frágeis. Uma campânula ou um pequeno túnel são suficientes. A neve tem sempre utilidade no jardim!

Neve no jardim : que fazer ?
Os crocus vêm da montanha e a neve é-lhes bastante favorável.
Neve no jardim : que fazer ?
A genciana, é uma planta típica da montanha e exige neve.
M. Jean-Michel GROULT
 
Pépinières PLANFOR
RD 651
40090 UCHACQ - FRANCE
Tel : 214.245.101
Fax : 0033 558 064 854